Mineração

A empresa foi fundada no ano de 1994 no município de Salto do Jacuí – RS, tendo como atividade inicial a lapidação de pedras ágatas. Em 1995, a empresa encerra a atividade de lapidação e dá início ao trabalho com a ágata em estado bruto para exportação. Neste período, a pedra era comprada de mineradores manuais (garimpeiros) e mineradores que utilizavam máquinas pesadas para a extração.

Realizava-se, então, a comercialização das ágatas com a empresa Hugo Arend, situada em Carazinho – RS, pertencente a imigrantes alemães chegados no Brasil em 1908 para a exploração de pedra ágata brasileira – que imigraram devido ao esgotamento das minas de ágata na Alemanha.

Em meados de 1997, com a utilização de maquinário alugado, a JR Mineração passou a não somente comercializar, mas também a extrair pedra ágata na Fazenda da Barra, localizada no município de Salto do Jacuí – RS. Em 1999, a empresa foi transferida para a área hoje denominada Pedreira do Araçá, também pertencente ao município de Salto do Jacuí.

Até o ano 2000, a pedra extraída pela JR Mineração, era vendida para a empresa Irmãos Lodi, situada em Soledade – RS, e, a partir desse ano, deu-se início a venda e exportação para a Alemanha e a China, sendo esta o seu principal mercado comprador; e em 2016 passou a exportar também para a Romênia.

(A JR Mineração realizava suas atividades de extração em terras arrendadas até o ano de 2005, período no qual a empresa acabou adquirindo a propriedade.)

A JR Mineração também exporta para a Romênia, e é conhecida por ser a maior jazida de pedra ágata tipo umbu do mundo, considerada esta a melhor qualidade de ágata.

Em 2019 a empresa remodela a sua logomarca e início um novo ciclo de sua história.

Passa oferecer produtos na linha de decoração, semijoias e esoterismo em sua loja, criando a JR STORE.

PT_BR
ENG PT_BR